sábado, 6 de dezembro de 2014

Questões de vestibulares e resumo sobre adjetivos

Adjetivo é toda palavra que caracteriza o substantivo, indicando-lhe qualidade, defeito, estado, condição etc.  Ex.: homem mau (qualidade), menino travesso (defeito), mulher feliz (estado), família pobre (condição).

Um adjetivo normalmente exerce uma dentre três funções sintáticas na oração: Aposto explicativo, adjunto adnominal ou predicativo.

Os adjetivos podem ser:

Adjetivo explicativo

É o adjetivo que denota qualidade essencial do ser, qualidade inerente, ou seja, qualidade que não pode ser retirada do substantivo. Por exemplo, todo homem é mortal, todo fogo é quente, todo leite é branco, então mortal, quente e branco são adjetivos explicativos, em relação a homem, fogo e leite.

Adjetivo restritivo

É o adjetivo que denota qualidade adicionada ao ser, ou seja, qualidade que pode ser retirada do substantivo. Por exemplo, nem todo homem é inteligente, nem todo fogo é alto, nem todo leite é enriquecido, então inteligente, alto e enriquecido são adjetivos restritivos, em relação a homem,

fogo e leite.

Obs.: Sempre que o adjetivo estiver imediatamente após o substantivo qualificado por ele, teremos o seguinte: Se ele for adjetivo explicativo, deverá estar entre vírgulas e funcionará sintaticamente como aposto explicativo; se for adjetivo restritivo, não poderá estar entre vírgulas e funcionará como adjunto adnominal.

Por exemplo: O homem, mortal, age como um ser imortal. Nessa frase, mortal é adjetivo explicativo, pois indica uma qualidade essencial do substantivo, por isso está entre vírgulas e sua função sintática é a de aposto explicativo.

Já na frase O homem inteligente lê mais. inteligente é adjetivo restritivo, pois indica uma qualidade adicionada ao substantivo, por isso não está entre vírgulas e sua função sintática é a de adjunto adnominal.

Perceba que inteligente, apesar de não ser essencial a todos os homens, é especificamente ao universo
de homens dos quais estamos falando. Caso o adjetivo restritivo esteja entre vírgulas, funcionará como predicativo. Por exemplo: O diretor, preocupado, atendeu ao telefone.

Perceba que preocupado não é uma qualidade essencial a todos os homens nem o é ao diretor de quem estamos falando; o diretor possui a qualidade de preocupado apenas em um determinado momento - essa é a diferença entre o adjunto adnominal e o predicativo.

Orações Subordinadas Adjetivas

As orações subordinadas adjetivas são aquelas que funcionam como um adjetivo, modificando o substantivo. Sempre são iniciadas por um pronome relativo e podem ser denominadas de explicativas e de restritivas, tais quais os adjetivos.

Oração Subordinada Adjetiva Explicativa

É a oração que funciona como o adjetivo explicativo, ou seja, denota uma qualidade essencial do substantivo, deve estar entre vírgulas e funciona como aposto explicativo. Por exemplo: O homem, que é mortal, age como um ser imortal.

Há outra oração que funciona como aposto explicativo: a oração subordinada substantiva apositiva . A diferença é que esta não explica o significado do substantivo anterior, mas sim o contexto da frase anterior. Por exemplo, a frase Todos temos conhecimento de uma verdade: que o Brasil é o maior país da América do Sul. possui uma oração subordinada substantiva apositiva (que o Brasil é o maior país da América do Sul), que explica o contexto da frase anterior, e não o significado da palavra verdade.

Oração Subordinada Adjetiva Restritiva

É a oração que funciona como o adjetivo restritivo, ou seja, denota uma qualidade adicionada ao substantivo, não pode estar entre vírgulas e funciona como adjunto adnominal. Por exemplo: O homem que é inteligente lê mais. O nome restritivo se deve ao fato de que a oração restringe o significado do substantivo anterior, ou seja, a oração apresentada significa que apenas os homens que são inteligentes lêem mais, os outros não. É assim que se comprova a existência de uma oração subordinada adjetiva restritiva: usando a expressão somente... ,os outros não.

Adjetivo Pátrio

Os adjetivos podem se referir a cidades, países, continentes etc. exprimindo a nacionalidade.. Observe alguns deles:

Estados e cidades brasileiros:

Acre = acreano Alagoas = alagoano Amapá = amapaense
Aracaju = aracajuano ou aracajuense Amazonas = amazonense ou baré Belém (PA) = belenense
Belo Horizonte = belo-horizontino
Boa Vista = boa-vistense
Brasília = brasiliense
Cabo Frio = cabo-friense
Campinas = campineiro ou campinense
Curitiba = curitibano
Espírito Santo = espírito-santense ou capixaba
Fernando de Noronha = noronhense Florianópolis = florianopolitano Fortaleza = fortalense
Goiânia = goianiense
João Pessoa = pessoense
Macapá = macapaense
Maceió = maceioense Manaus = manauense Maranhão = maranhense Marajó = marajoara
Natal = natalense ou papa-jerimum
Porto Alegre = porto-alegrense
Porto Velho = porto-velhense
Ribeirão Preto = ribeiropretense
Rio de Janeiro (estado) = fluminense
Rio de Janeiro (cidade) = carioca
Rio Branco = rio-branquense
Rio Grande do Norte = rio-grandense-do-norte, norte-rio-grandense ou potiguar Rio Grande do Sul = rio-grandense-do-sul, sul-rio-grandense ou gaúcho. Rondônia = rondoniano
Roraima = roraimense
Salvador (BA) = salvadorense ou soteropolitano
Santa Catarina = catarinense, catarineta ou barriga-verde
Santarém = santarense
São Paulo (estado) = paulista
São Paulo (cidade) = paulistano
Sergipe = sergipano Teresina = teresinense Tocantins = tocantinense

Países

Croácia = croata
Costa Rica= costa-riquense
Curdistão = curdo
Estados Unidos = estadunidense, norte-americano ou ianque. El Salvador = salvadorenho
Guatemala = guatemalteco
Índia = indiano ou hindu (os que professam o hinduísmo) Irã = iraniano
Israel = israelense ou israelita Moçambique = moçambicano Mongólia = mongol ou mongólico
Panamá = panamenho
Porto Rico = porto-riquenho
Somália = somali

Adjetivos pátrios compostos

Na formação de adjetivos pátrios compostos, o primeiro elemento aparece na forma reduzida e, normalmente, erudita. Observe alguns exemplos:

África = afro- / Cultura afro-americana
Alemanha = germano- ou teuto- / Competições teuto-inglesas
América = américo- / Companhia américo-africana
Ásia = ásio- / Encontros ásio-europeus
Áustria = austro- / Peças austro-búlgaras
Bélgica = belgo- / Acampamentos belgo-franceses
China = sino- / Acordos sino-japoneses
Espanha = hispano- / Mercado hispano-português
Europa = euro- / Negociações euro-americanas
França = franco- ou galo- / Reuniões franco-italianas

Grécia = greco- / Filmes greco-romanos Índia = indo- / Guerras indo-paquistanesas Inglaterra = anglo- / Letras anglo-portuguesas Itália = ítalo- / Sociedade ítalo-portuguesa Japão = nipo- / Associações nipo-brasileiras Portugal = luso- / Acordos luso-brasileiros

Locução Adjetiva

Em muitos casos, prefere-se usar, no lugar de um adjetivo, uma expressão formada por mais de uma palavra para caracterizar o substantivo. Essa expressão, que tem o mesmo valor e o mesmo sentido de um adjetivo, recebe o nome de locução adjetiva. Observe alguns exemplos:

de águia = aquilino de aluno = discente de anjo = angelical de ano = anual
de aranha = aracnídeo
de asno = asinino
de baço = esplênico de bispo = episcopal de bode = hircino
de boi = bovino
de bronze = brônzeo ou êneo
de cabelo = capilar
de cabra = caprino
de campo = campestre ou rural
de cão = canino
de carneiro = arietino
de cavalo = cavalar, eqüino, eqüídio ou hípico
de chumbo = plúmbeo
de chuva = pluvial
de cinza = cinéreo
de coelho = cunicular
de cobre = cúprico
de couro = coriáceo de criança = pueril de dedo = digital
de diamante = diamantino ou adamantino
de elefante = elefantino
de enxofre = sulfúrico
de esmeralda = esmeraldino
de estômago = estomacal ou gástrico
de falcão = falconídeo
de farinha = farináceo
de fera = ferino
de ferro = férreo
de fígado = figadal ou hepático
de fogo = ígneo
de gafanhoto = acrídeo de garganta = gutural de gelo = glacial
de gesso = gípseo
de guerra = bélico
de homem = viril ou humano
de ilha = insular
de intestino = celíaco ou entérico de inverno = hibernal ou invernal de lago = lacustre
de laringe = laríngeo
de leão = leonino
de lebre = leporino
de lobo = lupino
de lua = lunar ou selênico
de macaco = simiesco, símio ou macacal
de madeira = lígneo
de marfim = ebúrneo ou ebóreo

de mestre = magistral
de monge = monacal
de neve = níveo ou nival
de nuca = occipital
de orelha = auricular
de ouro = áureo
de ovelha = ovino
de paixão = passional
de pâncreas = pancreático
de pato = anserino
de peixe = písceo ou ictíaco
de pombo = columbino
de porco = suíno ou porcino
de prata = argênteo ou argírico
dos quadris = ciático
de raposa = vulpino
de rio = fluvial
de serpente = viperino
de sonho = onírico
de terra = telúrico, terrestre ou terreno
de trigo = tritício
de urso = ursino
de vaca = vacum de velho = senil de vento = eólico de verão = estival
de vidro = vítreo ou hialino
de virilha = inguinal
de visão = óptico ou ótico

Flexões do Adjetivo

Gênero e Número

O adjetivo concorda com o substantivo a que se refere em gênero e número (masculino e feminino; singular e plural). Caso o adjetivo seja representado por um substantivo, ficará invariável, ou seja, se a palavra que estiver qualificando um elemento for, originalmente, um substantivo, ela manterá sua forma primitiva e passará a ser denominado de substantivo adjetivado. Por exemplo, a palavra cinza é originalmente um substantivo, porém, se estiver qualificando um elemento, funcionará como adjetivo. Ficará, então invariável. Camisas cinza, ternos cinza.

Ex. Carros amarelos e motos vinho. Telhados marrons e paredes musgo. Espetáculos gigantescos e comícios monstro.

Adjetivo composto

Com raras exceções, o adjetivo composto tem seus elementos ligados por hífen. Apenas o último elemento concorda com o substantivo a que se refere; os demais ficam na forma masculina, singular. Caso um dos elementos que formam o adjetivo composto seja um substantivo adjetivado, todo o adjetivo composto ficará invariável. Por exemplo, a palavra rosa é originalmente um substantivo, porém, se estiver qualificando um elemento, funcionará como adjetivo. Caso se ligue a outra palavra por hífen, formará um adjetivo composto; como é um substantivo adjetivado, o adjetivo composto inteiro ficará invariável. Camisas rosa-claro. Ternos rosa-claro.

Ex.Olhos verde-claros.
Calças azul-escuras e camisas verde-mar. Telhados marrom-café e paredes verde-claras.

Azul-marinho, azul-celeste, ultravioleta e qualquer adjetivo composto iniciado por cor-de-... são sempre invariáveis.

Os adjetivos compostos surdo-mudo e pele-vermelha têm os dois elementos flexionados.

Graus do Adjetivo

Comparativo

Compara uma qualidade entre dois elementos ou duas qualidade de um mesmo elemento. São três os comparativos:
de superioridade: Para alguns alunos, Português é mais fácil que Química.
de igualdade: Para alguns alunos, Português é tão fácil quanto Química.
de inferioridade: Para alguns alunos, Português é menos fácil que Química.

Bom, mau, grande e pequeno têm formas sintéticas (melhor, pior, maior e menor), porém, em comparações feitas entre duas qualidades de um mesmo elemento, devem-se usar as formas
analíticas mais bom, mais mau, mais grande e mais pequeno. Por exemplo, Pedro é maior do que
Paulo, pois está-se fazendo a comparação de dois elementos, mas Pedro é mais grande que pequeno, pois está-se fazendo a comparação de duas qualidades de um mesmo elemento.
Ex. Edmundo foi condenado, mas tenho certeza de que ele é mais bom do que mau.
Joaquim é mais bom do que esperto.

Superlativo

Indica que uma característica é atribuída em máxima intensidade ao substantivo. São dois os superlativos de um adjetivo:

Superlativo absoluto

analítico = o adjetivo é modificado por um advérbio: Ex. Carla é muito inteligente.
sintético = quando há o acréscimo de um sufixo (-íssimo, -érrimo, -ílimo)
Ex. Carla é inteligentíssima.

Superlativos absolutos sintéticos eruditos

Alguns adjetivos no grau superlativo absoluto sintético apresentam a primitiva forma latina, daí serem chamados de eruditos. Por exemplo, o adjetivo magro possui dois superlativos absolutos sintéticos: o normal, magríssimo, e o erudito, macérrimo.

Eis uma pequena lista de superlativos absolutos sintéticos:

benéfico = beneficentíssimo bom = boníssimo ou ótimo célebre = celebérrimo comum = comuníssimo
cruel = crudelíssimo difícil = dificílimo doce = dulcíssimo
fácil = facílimo fiel = fidelíssimo frágil = fragílimo
frio = friíssimo ou frigidíssimo
humilde = humílimo jovem = juveníssimo livre = libérrimo
magnífico = magnificentíssimo magro = macérrimo ou magríssimo manso = mansuetíssimo
mau = péssimo nobre = nobilíssimo pequeno = mínimo
pobre = paupérrimo ou pobríssimo
preguiçoso = pigérrimo próspero = prospérrimo sábio = sapientíssimos
agrado = sacratíssimo

Superlativo relativo

de superioridade = Enaltece a qualidade do substantivo como "o mais" dentre todos os outros. Ex. Carla é a mais inteligente.
sintético = Enaltece a qualidade do substantivo como "o menos" dentre todos os outros. Ex. Carla é a menos inteligente.

Locução adjetiva

A locução adjetiva é toda expressão (duas ou mais palavras) que aparecem no lugar de um adjetivo. Ex.: amor de mãe, cada de campo, avaliação por mês. A locução adjetiva sempre começa com uma preposição.

A maioria das locuções adjetivas é substituída por um adjetivo correspondente. Ex.: amor materno, casa campestre, avaliação mensal.

Questões

1) Assinale a sequência correta em relação aos tipos de adjetivos e suas definições:

I. Adjetivos formados por apenas um radical.
II. Adjetivos formados por dois ou mais radicais.
III. Adjetivos que não são derivados de outra palavra em língua portuguesa.
IV. Adjetivos formados a partir de outros substantivos ou verbos.
V. Adjetivos que se referem à origem ou nacionalidade do substantivo.

( ) pátrios
( ) primitivos
( ) compostos
( ) derivados
( ) simples

a) II, III, V, IV e I
b) V, IV, III, III e I
c) I, III, IV, II e V
d) V, III, II, IV e I.

2) Assinale a alternativa correta em relação à classificação dos adjetivos destacados nas frases:
I. Carolina comprou para a mãe um vestido amarelo-claro.
II. Ele estava feliz porque foi aprovado no vestibular.
III. A torcida transbordou felicidade pela conquista do título.
IV. O mineiro Carlos Drummond de Andrade é considerado um dos maiores poetas brasileiros.
V. A menina bonita colocou um laço de fita no cabelo e foi para a escola.
a) biforme, pátrio, derivado, primitivo e composto.
b) primitivo, composto, biforme, pátrio e derivado.
c) composto, primitivo, derivado, pátrio e biforme.
d) composto, derivado, primitivo, pátrio e biforme.

3) Sobre os adjetivos, é correto afirmar:

a) Classe de palavras que se caracteriza por delimitar o substantivo, atribuindo-lhe qualidades, estados, aparência etc.
b) Classe de palavra invariável que modifica o sentido do verbo, do adjetivo e do advérbio.
c) Classe de palavra que vem antes do substantivo, indicando se ele é determinado ou indeterminado.
d) Classe de palavra invariável que exprime estados emocionais.
e) Conjuntos de verbos que, em uma determinada frase, desempenham valor de um único verbo.

4) (MPE-PR/UFPA) Há situações em que o adjetivo muda de sentido, caso seja colocado antes ou depois do substantivo. Observe:  

Lá se vão os pobres meninos
Pelas ruas da cidade.
Meninos pobres,
pelas ruas da cidade rica.

Qual é o significado da primeira e da segunda ocorrência da palavra “pobres” no trecho acima?

a) humildes/modestos
b) mendigos/sem recursos
c) dignos de pena/improdutivos
d) dignos de compaixão/desprovidos de recursos
e) ingênuos/sem posses

5) (UPM-SP) Assinale a alternativa em que ambos os adjetivos não se flexionam em gênero.

a) elemento motor, tratamento médico-dentário
b) esforço vão, passeio matinal
c) juiz arrogante, sentimento fraterno
d) cientista hindu, homem célebre
e) costume andaluz, manual lúdico-instrutivo

6) Mediante análise dos compostos em evidência, explicite seus conhecimentos acerca da flexão que neles se evidencia:

a) cidadão luso-brasileiro/ cidadã luso-brasileira
b) consultório médico-dentário/ clínica médico-dentária  
c) casaco verde-escuro/ saia verde-escura
d) papel verde-mar / tinta verde-mar
e) tecido amarelo-ouro/ roupa amarelo-ouro

7) 0 termo grifado é locução adjetiva em:
 
a) "Os meninos gritavam na rua atrás das tanajuras..."
b) "Aquela cai dentro de vinte minutos."
c) "Gostava... de tomar banho de chuva nas biqueiras..."
d) "Os passarinhos trocavam de lugar..."
e) "Escureceu o mundo de repente."

8) Nas expressões abaixo foram destacadas locuções adjetivas, exceto:
 
a) excursões sem veículo
b) animais do zodíaco
c) merecedores de amor
d) luz do sol
e) lagos de duas cores.

9) (UCMG) Em todas as alternativas, há correlação entre os termos destacados, exceto em:
 
a) A situação foi considerada gravíssima.
b) Todos procederam educados.
c) Estas casas devem ter custado caro.
d) Alegre e comunicativo, o menino chegou.
e) Meu tio foi nomeado embaixador.

10) Relacione a primeira coluna à segunda. 

(1) água                      ( ) pluvial
(2) chuva                    ( ) ebúrneo
(3) gato                       ( ) felino
(4) marfim                   ( ) aquilino
(5) prata                      ( ) argênteo
(6) rio
(7) não consta da lista

A seqüência correta é:

a) 7, 7, 3, 1,;7.      b) 6, 3, 7, 1,4.       c) 2, 4, 3, 7, 5.         d) 2, 4, 7, 1, 7.
 
11) Os adjetivos Iígneo, gípseo, níveo, braquial significam, respectivamente:

a) lenhoso, feito de gesso, alvo, relativo ao braço.
b) lenhoso, feito de gesso, nivelado, relativo ao crânio. 
c) lenhoso, rotativo, abalizado, relativo ao crânio.
d) associado, rotativo, nivelado, relativo ao braço.
e) associado, feito de gesso, abalizado, relativo ao crânio.

12) Das frases abaixo, apenas uma apresenta adjetivo no comparativo de superioridade, assinale-a. 

a) A palmeira é a mais alta árvore deste lugar.
b) Guardei as melhores recordações daquele dia, 
c) A Lua é menor do que a Terra.
d) Ele é o maior aluno de sua turma.
e) O mais alegre dentre os colegas era Ricardo.

13) Relativamente à concordância dos adjetivos compostos indicativos de cor, uma, dentre as seguintes alternativas, está errada. Qual?

a) saia amarelo-ouro        b) papel amarelo-ouro      c) caixa vermelho-sangue 
d) caixa vermelha-sangue                e) caixas vermelho-sangue.

14) Assinale a alternativa em que ambos os adjetivos não se flexionam em gênero. 

a) elemento motor, tratamento médico-dentário
b) esforço vão, pasçeio matinal
c) juiz arrogante, sentimento fraterno 
d) cientista hindu, homem célebre
e) costume andaluz, manual Iúdico-instrutivo.

15) Dadas as afirmações de que os adjetivos correspondentes aos substantivos:

1. enxofre
2. chumbo
3. prata

São, respectivamente, 1. sulfúreo 2. plúmbeo 3. argênteo Verificamos que está (estão) correta(s): 

a) apenas a afirmação 1 .
b) apenas a afirmação 2. c) apenas a afirmação 3.
d) apenas as afirmações 1 e 2.
e) todas as afirmações.

16) Aponte a alternativa incorreta quanto à correspondência entre a locução e o adjetivo. 

a) glacial (de gelo); ósseo (de osso)
b) fraternal (de irmão); argênteo (de prata)
c) farináceo (de farinha); pétreo (de pedra)
d) viperino (de vespa); ocular (de olho)
e) ebúrneo (de marfim); insípida (sem sabor)

17) Os superlativos absolutos sintéticos de comum, soberbo, fiel, miúdo são, respectivamente:

a) comuníssimo, super, fielísimo, minúsculo. 
b) comuníssimo, sobérrimo, fidelíssimo, minúsculo.
c) comuníssimo, superbíssimo, fidelíssimo, minutíssimo. 
d) comunérrimo, sobérrimo, fidelíssimo, miudérrimo.
e) comunérrimo, sobérrimo, fielíssimo, minutissimo.

18) O plural de terno azul-claro, terno verde-mar é, respectivamente:

a) ternos azuis-claros, ternos verdes-mares. 
b) ternos azuis-claros, ternos verde-mares.
c) ternos azul-claro, ternos verde-mar.
d) ternos azul-claros, ternos verde-mar. 
e) ternos azuis-claro, ternos verde-mar.

19) Assinale a alternativa em que o termo cego(s) é um adjetivo.

a) "Os cegos, habitantes de um mundo esquemático, sabem aonde ir..."
b) "O cego de Ipanema representava naquele momento todas as alegorias da noite escura da alma..." 
c) "Todos os cálculos do cego se desfaziam na turbulência do álcool."
d) "Naquele instante era só um pobre cego."
e) "... da Terra que é um globo cego girando no caos."

20) Observe as proposições abaixo:

01.Poucos autores escrevem poemas herói-cômicos.
02. Os cabelos castanhos-escuros emolduravam-lhe o semblante juvenil.
04. Vestidos vermelhos e amarelo-laranja foram os mais vendidos na exposição.
08. As crianças surdo-mudas foram encaminhadas à clinica para tratamento.
16. Discutiu-se muito a respeito de ciências político-sociais na última assembléia dos professores.
32. As sociedades luso-brasileira adquiriram novos livros de autores portugueses. 

Marque as frases corretas e some os valores que lhes são atribuídos.

21)  “Os homens são os melhores fregueses” – os melhores encontra-se no grau:

a)  comparativo de superioridade.
b)  superlativo relativo de superioridade.
c)  superlativo absoluto sintético.
d)  superlativo absoluto analítico de superioridade.

22) Assinale a alternativa em que o adjetivo que qualifica o substantivo seja explicativo:

a) dia chuvoso;
b) água morna;
c) moça bonita;
d) fogo quente;
e) lua cheia.

23) Assinale a alternativa que contém o grupo de adjetivos gentílicos, relativos a “Japão”, “Três Corações” e “Moscou”:

a) Oriental, Tricardíaco, Moscovita;
b) Nipônico,Tricordiano, Soviético;
c) Japonês, Trêscoraçoense, Moscovita;
d) Nipônico, Tricordiano, Moscovita;
e) Oriental, Tricardíaco, Soviético.

24) Assinale a alternativa em que todos os adjetivos têm uma só forma para os dois gêneros:

a) andaluz, hindu, comum;
b) europeu, cortês, feliz;
c) fofo, incolor, cru;
d) superior, agrícola, namorador;
e) exemplar, fácil, simples.

25) O item em que a locução adjetiva não corresponde ao adjetivo dado é:

a) hibernal - de inverno;
b) filatélico - de folhas;
c) discente - de alunos;
d) docente - de professor;
e) onírico - de sonho.

26) Selecione a alternativa que completa corretamente as lacunas da frase apresentada:
“Os acidentados foram encaminhados a diferentes clínicas ____________________” .

a) médicas-cirúrgicas;
b) médica-cirúrgicas;
c) médico-cirúrgicas;
d) médicos-cirúrgicas;
e) médica-cirúrgicos.

27) Quanto ao gênero, os adjetivos carioca, breve e só:

a) São todos comparativos.
b) São todos uniformes.
c) São uniformes os dois primeiros, e biformes o último.
d) São todos relativos.
e) São todos uniformes, assim como o adjetivo histórico.

28) Assinale a alternativa que contém uma locução adjetiva:

a) Esta é a torneira de água fria.
b) Ele é um homem corajoso.
c) Este quadro é muito feio.
d) A bicicleta dela é inglesa.
e) Achei um lápis azul.

29) Qual das palavras destacadas a seguir não é um adjetivo?

a) As pesquisas eliminaram PARTE da emoção. 
b) Os BONS candidatos nem sempre são eleitos. 
c) Nas eleições há feriado NACIONAL. 
d) As GRANDES empresas patrocinam candidatos. 
e) Os resultados são dados no dia SEGUINTE. 

30) Sabe-se que a posição do adjetivo, em relação ao substantivo, pode ou não mudar o sentido do enunciado. Assim, nas frases “Ele é um homem pobre” e “Ele é um pobre homem”.

a) 1ª fala de um sem recursos materiais; a 2ª fala de um homem infeliz;
b) a 1ª fala de um homem infeliz; a 2ª fala de um homem sem recursos materiais;
c) em ambos os casos, o homem é apenas infeliz, sem fazer referência a questões materiais;
d) em ambos os casos o homem é apenas desprovido de recursos;
e) em ambas o homem é infeliz e desprovido de recursos materiais.

Gabarito:

1) D    2) C    3) A    4) D    5) D    6) No que tange aos três primeiros exemplos, a flexão que neles se evidencia parte da premissa de que quando os compostos são formados por dois adjetivos, apenas o último elemento recebe flexão. Quanto aos dois últimos exemplos, tal aspecto é demarcado tendo em vista que o segundo elemento do composto é representado por um substantivo (mar/ouro). Nesse caso, não há possiblidade de variação.    7) C    8) C   9) C   10) C   11) A   12) C   13) D    14) D
15) E    16) D   17) C    18) D   19) E   20) 01+04+16=21   21) B    22) D   23) D   24) E    25) B
26) C    27) B    28) A    29) A    30) A

sábado, 29 de novembro de 2014

Questões de vestibulares e resumo sobre advérbios

Conceito de Advérbio

Advérbio é qualquer palavra que modifica, circunstancia o verbo, ou seja, muda o sentido do verbo. É como se fosse o adjetivo do verbo. 

Classificação dos Advérbios
TempoLugarModo
hoje; logo; primeiro; ontem; tarde; outrora; amanhã; cedo; dantes; depois; ainda; antigamente; antes; doravante; nunca; então; ora; jamais; agora; sempre; já; enfim; etc.aqui; antes; dentro; ali; adiante; fora; acolá; atrás; além; lá; detrás; aquém; cá; acima; onde; perto; aí; abaixo; aonde; longe; debaixo; algures; defronte; nenhures; etc.bem; mal; melhor; pior; assim; aliás; depressa; devagar; como; debalde; sobremodo; sobretudo; sobremaneira; quase; principalmente
Obs.: muitos advérbios de modo formam-se juntando mente à forma feminina do adjectivo
QuantidadeAfirmaçãoNegação
muito; pouco; mais; menos; demasiado; quanto; quão; tanto; tão; assaz; que (equivale a quão); tudo; nada; todo; bastante; quasesim; certamente; realmente; decerto; efectivamente; etc.não; nem; nunca; jamais; etc.
DúvidaExclusãoInclusão
acaso; porventura; possivelmente; provavelmente; quiçá; talvezapenas; exclusivamente; salvo; senão;somente; simplesmente; só; unicamenteainda; até; mesmo; inclusivamente; também
OrdemDesignaçãoInterrogação
depois; primeiramente; ultimamenteeis
onde? como? quando? porque?


Locução Adverbial

Quando há duas ou mais palavras que exercem função de advérbio, temos a locução adverbial, que pode expressar as mesmas noções dos advérbios. Iniciam ordinariamente por uma preposição. Veja:

lugar: à esquerda, à direita, de longe, de perto, para dentro, por aqui, etc.
afirmação: por certo, sem dúvida, etc.
modo: às pressas, passo a passo, de cor, em vão, em geral, frente a frente, etc.
tempo: de noite, de dia, de vez em quando, à tarde, hoje em dia, nunca mais, etc.

Obs.: tanto a locução adverbial como o advérbio modificam o verbo, o adjetivo e outro advérbio. Observe os exemplos:

Chegou muito cedo. (advérbio)
Joana é muito bela. (adjetivo)
De repente correram para a rua. (verbo)

Relação de Algumas Locuções Adverbiais

às vezes
às clarasàs cegas
à esquerdaà direitaà distância
ao ladoao fundoao longo
a cavaloa péàs pressas
ao vivoa esmoà toa
de repentede súbitode vez em quando
por forapor dentropor perto
por tráspor alipor ora
com certezasem dúvidade propósito
lado a ladopasso a passoo mais das vezes

Atenção: não confunda locução adverbial com a locução prepositiva. Nesta última, a preposição vem sempredepois do advérbio ou da locução adverbial.
Por exemplo:

perto de, antes de, dentro de, etc.Questões sobre advérbios

1) Observe as palavras:

I. Hoje.
II. Aqui.
III. Rapidamente.
IV. Bastante.
V. Com certeza.

Classificam-se, respectivamente, como:

a) advérbios de tempo, lugar, modo, intensidade e afirmação.
b) advérbios de modo, tempo, intensidade, afirmação e negação.
c) advérbios de dúvida, tempo, lugar, modo e intensidade.
d) advérbios de tempo, lugar, modo, afirmação e dúvida.
e) advérbios de dúvida, afirmação, lugar, modo e intensidade.

2) Há dois advérbios em todas as alternativas, exceto em:

a) Sabendo das más notícias, falou nervosa e impacientemente.
b) Amanhã o coral cantará afinadamente na apresentação.
c) Durante o interrogatório, o suspeito ficou muito calado.
d) Hoje não iremos à escola.
e) Ontem a torcida compareceu ao estádio pacificamente.

3) (ITA-2003) A questão a seguir refere-se ao texto abaixo.

(…) As angústias dos brasileiros em relação ao português são de duas ordens. Para uma parte da população, a que não teve acesso a uma boa escola e, mesmo assim, conseguiu galgar posições, o problema é sobretudo com a gramática. É esse o público que consome avidamente os fascículos e livros do professor Pasquale, em que as regras básicas do idioma são apresentadas de forma clara e bem-humorada. Para o segmento que teve oportunidade de estudar em bons colégios, a principal dificuldade é com clareza. É para satisfazer a essa demanda que um novo tipo de profissional surgiu: o professor de português especializado em adestrar funcionários de empresas. Antigamente, os cursos dados no escritório eram de gramática básica e se destinavam principalmente a secretárias. De uns tempos para cá, eles passaram a atender primordialmente gente de nível superior. Em geral, os professores que atuam em firmas são acadêmicos que fazem esse tipo de trabalho esporadicamente para ganhar um dinheiro extra. “É fascinante, porque deixamos de viver a teoria para enfrentar a língua do mundo real”, diz Antônio Suárez Abreu, livre-docente pela Universidade de São Paulo (…)
(JOÃO GABRIEL DE LIMA. Falar e escrever, eis a questão. Veja, 7/11/2001, n. 1725)
O adjetivo “principal” (em a principal dificuldade é com clareza) permite inferir que a clareza é apenas um elemento dentro de um conjunto de dificuldades, talvez o mais significativo. Semelhante inferência pode ser realizada pelos advérbios:

a) avidamente, principalmente, primordialmente.
b) sobretudo, avidamente, principalmente.
c) avidamente, antigamente, principalmente.
d) sobretudo, principalmente, primordialmente.
e) principalmente, primordialmente, esporadicamente.  

4) (UFV-MG) Em todas as alternativas há dois advérbios, exceto em:  

a) Ele permaneceu muito calado.
b) Amanhã, não iremos ao cinema.
c) O menino, ontem, cantou desafinadamente.
d) Tranquilamente, realizou-se, hoje, o jogo.
e) Ela falou calma e sabiamente.

5) Analise os advérbios em destaque, classificando-os de acordo com a circunstância que a eles se referem:

a- Hoje fomos surpreendidos com a chegada dos visitantes.
b – Não me incomodo com sua impaciência.  
c – Talvez eu compareça ao seu aniversário.
d – Estamos muito contentes com sua aprovação.
e – Alegremente Pedro se despediu de sua família.


6) Assinale a frase que não apresenta locução adverbial.

a )“...a vista se perdendo no horizonte...”                            
b) “  É mais seguro ir andando, passo a passo...”
c) “... um homem que vivera nas montanhas...”                    
d) ”... o delicioso sentimento de dignidade e liberdade.”

7) (UFC) A opção em que há um advérbio exprimindo circunstância de tempo é:


A)  Possivelmente viajarei para São Paulo.
B)  Maria tinha aproximadamente 15 anos.
C)  As tarefas foram executadas concomitantemente.
D)  Os resultados chegaram demasiadamente atrasados.

8)  (PUC-SP) Assinale a alternativa em que somente advérbios foram acrescentados à frase: “O tempo passou.”

a) O sofrido tempo não passou muito rápido, infelizmente.         
b) O tempo passou bastante, majestoso.
c) Realmente, o tempo passou depressa demais.                            
d) Sim, o curto tempo já passou.

9) Os advérbios em “mente” das alternativas abaixo, designam a mesma circunstância, exceto em:

a) Os soldados combateram estoicamente até a morte.
b) Os fiscais sugeriram ironicamente que os candidatos fossem submetidos a um outro exame.
c) Possivelmente haverá uma nova oportunidade.
d) No momento da discussão, alguns convidados saíram sutilmente sem se despedirem.

10) Todas as expressões sublinhadas abaixo presumem uma circunstância de tempo, exceto:

a) “E agora era desejada também”                                 
b) “Naquela noite despertaram...”
c) “..não eram ainda anunciadores de desgraças...”         
d) “A mata dormia seu sono jamais interrompido”.
e) “...já que os homens ainda não haviam chegado...”

11) Assinale a alternativa em que somente advérbios foram acrescentados à frase: “O tempo passou.”

a) O sofrido tempo não passou muito rápido, infelizmente.         
b) O tempo passou bastante, majestoso.
c) Realmente, o tempo passou depressa demais.                            
d) Sim, o curto tempo já passou.

12) Só não há advérbio em: 

a) Não o quero. 
b) Ali está o material. 
c) Tudo está correto. 
d) Talvez ele fale. 
e) Já cheguei. 

13) Qual das frases abaixo possui advérbio de modo? 

a) Realmente ela errou. 
b) Antigamente era mais pacato o mundo. 
c) Lá está teu primo. 
d) Ela fala bem. 
e) Estava bem cansado. 

14) Morfologicamente, a expressão sublinhada na frase abaixo é classificada como locução:
"Estava à toa na vida..." 

a) adjetiva 
b) adverbial 
c) prepositiva  
d) conjuntiva 
e) substantiva 

15) Em todas as opções há dois advérbios, exceto em: 

a) Ele permaneceu muito calado. 
b) Amanhã, não iremos ao cinema. 
c) O menino, ontem, cantou desafinadamente. 
d) Traqüilamente, realizou-se, hoje, o jogo. 
e) Ela falou calma e sabiamente.

16)  Soneto de fidelidade

(Vinicius de Moraes)
De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.
Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.
E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.
Por enquanto
(Renato Russo)
Mudaram as estações
Nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Tá tudo assim, tão diferente
Se lembra quando a gente
Chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre
Sem saber
Que o pra sempre
Sempre acaba.

No segundo verso do poema, no qual o poeta mostra como tratará o seu amor, as expressões “com tal zelo”, “sempre” e “tanto” dão, respectivamente, idéia de

a) modo - intensidade - modo.
b) modo - tempo - intensidade.
c) tempo - tempo - modo.
d) finalidade - tempo - modo.
e) finalidade - modo - intensidade

17) Na frase “O Sol ainda produzirá energia (...)”, o advérbio ainda tem o mesmo sentido que em:

a) Ainda lutando, nada conseguirá.
b) Há ainda outras pessoas envolvidas no caso.
c) Ainda há cinco minutos ela estava aqui.
d) Um dia ele voltará, e ela estará ainda à sua espera.
e) Sei que ainda serás rico.

18) Texto:

“Uma fonte aqui houve; eu não me esqueço
De estar a ela um dia reclinado:
Ali em vale um monte está mudado:
Quanto pode dos anos o progresso!
Árvores aqui vi tão florescentes,
Que faziam perpétua a primavera:
Nem troncos vejo agora decadentes.”
(Cláudio Manuel da Costa, Sonetos-VII.)

Com referência ao texto, a correlação entre o advérbio de lugar, o objeto que nele se situa e o tempo de existência (ou vida) deste objeto está correta em

a) “Aqui” = “fonte” no presente e “árvores florescentes”
no passado.
b) “Ali” = “vale” no presente e “monte” no presente.
c) “Aqui” = “fonte”, “árvores florescentes”, “troncos
decadentes” no passado.
d) “Aqui” = “fonte”, “árvores florescentes”, “troncos
decadentes” no presente.
e) “Ali” = “vale” no passado e “monte” no passado

19) Assinale a frase em que meio funciona como advérbio: 

a) Só quero meio quilo. 
b) Achei-o meio triste. 
c) Descobri o meio de acertar. 
d) Parou no meio da rua. 
e) Comprou um metro e meio de tecido. 

20) Classifique a locução adverbial que aparece em "Machucou-se com a lâmina". 


a) modo
b) instrumento
c) causa
d) concessão
e) fim 

21) As frases a seguir, indique a circunstância expressa pelos advérbios destacados:

(a)   Os alunos se portaram muito bem.
(b)   Eram pessoas bastante simpáticas.
(c)    Eles certamente assistirão à corrida.
(d)   Talvez as meninas não compareçam.
(e)    Meus irmãos sempre vão ao baile.
(f)     Ali estava o que procurava.
(   ) Intensidade
     (   ) Lugar
(   ) Afirmação
(   ) Tempo
(   ) Modo
(   ) Dúvida
22) Relacione a 1ª coluna com a 2ª.

(1) água de chuva                          (   ) Fluvial

(2 )olho de gato                                              (   ) Angelical

(3 ) água de rio                                                (   ) Felino

(4 ) Cara-de-anjo                            (    ) Pluvial

23) 


As palavras classificadas como advérbios agregam noções diversas aos termos a que se ligam na frase, demarcando posições, relativizando ou reforçando sentidos, por exemplo.
O advérbio destacado é empregado para relativizar o sentido da palavra a que se refere em:
(A) utilizá-las em história presumivelmente verdadeira? (l. 8-9)
(B) Certamente me irão fazer falta, (l. 17)
(C) Afirmarei que sejam absolutamente exatas? (l. 25)
(D) desenterrarmos pacientemente as condições que a determinaram. (l. 36-37)

Gabarito:

1) A   2) C   3) D   4) A   5) a) advérbio de tempo          b) advérbio de negação
c) advérbio de dúvida        d) advérbio de intensidade          e) advérbio de modo 
6) D     7) C    8) C    9) C    10) E    11) C   12) C   13) D   14) B   15) A   16) B   17) D   
18) C
19) B   20) B   21) b - f - c - e - a - d   22) 3 - 4 - 2 - 1   23) A